quarta-feira, 29 de março de 2017

Para refletir...(29/03/17) - Conhece Ou Não Conhece?

"aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou" (1 João 2:6).

A quantidade de igrejas que surgem a cada dia é impressionante. As reuniões de final de semana mostram templos cheios. Uns buscam melhorar a vida financeira, outros um novo círculo de amigos, outros apenas para seguir a moda. São novas igrejas ou novos clubes sociais?

Quantos, nesses locais de reunião, desejam, verdadeiramente, ter uma vida cristã genuína, comprometida com o Deus santo e poderoso?

Muitas vezes nos surpreendemos ao falar da salvação com algumas pessoas que conhecemos. Descobrimos que já são "salvas"! E até têm uma carteira que prova que são membros dessa ou daquela igreja! E as vemos bebendo... e as vemos fumando... e as vemos em atitudes que não demonstram que são cristãs.

A Palavra de Deus nos ensina que não devemos julgar ninguém, porém, também nos ensina que "pelos frutos conhecemos a árvore". Como podem ser cristãs se não há brilho, não há luz, não há vida diante do altar do Senhor?

As pessoas estão indo para as igrejas, mas não levam o Salvador. Estão participando dos "retiros espirituais" mas deixam Cristo do lado de fora. Estão falando que são de Deus, mas, não O conhecem. Seus corações jamais receberam Jesus Cristo como Senhor.

Para que não venhamos a ouvir o que está escrito: "Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci" (Mateus 7:23), temos a oportunidade, ainda hoje, de abrir o coração para Jesus. Você já o recebeu?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

segunda-feira, 27 de março de 2017

Para refletir...(28/03/17) - Uma Árvore morta Ou Dezenas De Árvores Vivas?

"Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou" (Romanos 8:37).

Dois amigos estavam fazendo um passeio na floresta. Em determinado momento, um deles perguntou ao outro: " Qual o motivo de sua tristeza? Percebo que não anda bem nos últimos tempos". O amigo, sem levantar o rosto, respondeu: "Na realidade, estou triste porque não tenho valor algum! Não vejo nada de positivo no que faço. Vejo a prosperidade de muitos e, em mim, apenas fracasso". Seguiram em silêncio por alguns minutos e, ao chegarem em uma clareira, o primeiro tornou a perguntar: "O que vê de importante ao nosso redor?" O outro respondeu: "Vejo que aquela árvore ali está morta, sem nenhuma folha". O primeiro sorriu e disse: "Temos centenas de belas árvores ao nosso redor e você reparou exatamente na que está morta. Esta é nossa tendência -- olhar sempre para o ruim, esquecendo que o bom é muito maior e mais importante."

Essa é a pura verdade. Podemos conquistar dezenas de vitórias que só lembraremos da única derrota. Um amigo pode ter dezenas de virtudes que só enxergaremos o único defeito. Podemos receber uma infinidade de sorrisos durante o dia que ficaremos de mau-humor porque uma certa pessoa passou por nós sem sorrir ou nos cumprimentar.

Seríamos muito mais felizes se ignorássemos os acontecimentos negativos e levássemos em conta apenas o que de positivo e bom acontece conosco. Por que dizer que não fazemos nada de bom se falhamos somente algumas poucas vezes. E o resto? E os muitos momentos de regozijo que tivemos durante a vida? Vamos esquecer tudo por causa de uma falha?

Olhe para a frente e sorria. Você é mais importante que suas decepções. Você é uma bênção para Deus. Pode até fracassar de vez em quando, mas sua vida será sempre plena de vitórias.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

Para refletir...(27/03/17) - Será Suficiente?

"Tu, porém, és um Deus pronto para perdoar, clemente e misericordioso, tardio em irar-te e grande em beneficência" (Neemias 9:17).

Regina estava sentada sozinha em um banco no pátio da escola. Seu semblante mostrava profunda tristeza. Uma de suas amigas se aproximou e perguntou o que estava acontecendo. "Disse umas bobagens para a Renata, em um momento de raiva. Fui grosseira e mal-educada. E ela não merecia. Estou me sentindo muito mal". "Por que não vai até ela e pede perdão?" perguntou a amiga. "Porque essa é uma solução muito simples e creio que não vai funcionar", concluiu Regina.

Como é maravilhoso saber que mesmo sendo maus, mentirosos, incrédulos, rebeldes, egoístas e arrogantes, basta um simples pedido de perdão por nossas atitudes e receberemos o abraço amoroso do Senhor, seus cuidados e proteção, sua presença conosco todos os dias de nossas vidas.

Ele nos amou e se ofereceu para pagar o preço de nossos pecados. Ele foi crucificado e mesmo sofrendo em nosso lugar, clamou ao Pai para que nos perdoasse. Um simples abrir o coração, reconhecendo nossos erros é suficiente. Nossos nomes são escritos no Livro da Vida, somos feitos "filhos de Deus", temos o direito à vida eterna ao lado de Cristo.

O homem tenta, de todas as maneiras, aproximar-se de Deus. Faz coisas incríveis na tentativa de agradá-lo, inventa todo tipo de ritual, oferece a Ele tudo que lhe ensinam. Mas... pura perda de tempo. A aproximação é bem mais simples do que imagina... basta se arrepender e pedir perdão... e tudo o mais o Senhor fará.

Você se sente longe de Deus? Peça perdão por seus pecados... nada mais que isso.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

sábado, 25 de março de 2017

Para refletir...(24-26/03/17) - Ventos Que Levam A Verdes Campos

"Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso" (Salmos 23:2).

Um belo pássaro descansava em seu ninho, em uma grande árvore. Apesar do tempo frio e dos campos cobertos de gelo, ele resolveu dar um passeio. Voou... voou... e, de repente, uma forte e fria tempestade o apanhou longe de seu ninho. Lutou contra a tormenta, mas sem sucesso. Não teve outra alternativa a não ser se deixar levar pelo vento. Lamentou sua sorte e pensou que não devia ter saído do ninho naquela tarde. Quando a tempestade cessou, percebeu que estava em um campo ensolarado, verdejante, com um belo lago bem próximo. Viu uma nova árvore, frondosa, muito bonita. "Eu pensei que tinha perdido tudo", pensou o pássaro, "mas este lugar é bem melhor do que aquele que eu vivia". O pássaro construiu um novo ninho e experimentou dias muito mais felizes.

Muitas vezes lamentamos por algo que perdemos. Pode ser um bom emprego, uma casa bonita, um carro confortável... Só paramos de murmurar quando percebemos que Deus nos deu algo muito melhor.

Outras vezes, nossos corações se enchem de angústias e aflições porque não conseguimos realizar um sonho, porque a pessoa que imaginávamos ser a ideal para formar uma família, foi embora, porque nosso projeto profissional resultou em total fracasso. Só paramos de chorar quando vemos que o Senhor nos presenteou com bênçãos bem maiores do que as que pensávamos ter.

Não podemos esquecer que a nossa vida está nas mãos do Senhor Jesus. Ele só nos nega algo bom quando tem um algo muito melhor para nos dar. Ele nos ama, quer ver a nossa felicidade, quer comemorar conosco todas as vitórias.

Alegre-se! A tempestade vai passar... os ventos cessarão... os verdes campos de bênçãos logo serão avistados por você.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

quarta-feira, 22 de março de 2017

Para refletir...(23/03/17) - Como Poderão Comprar Sorvete?

"... quem há de ir por nós?" (Isaías 6:8).

Gino chegou em casa com um largo sorriso no rosto. "Mamãe", gritou ele, "veja o que ganhei por ajudar D. Maria a limpar o quintal". Em sua mão ele balançava uma nota de 10 Reais. "Que bom", disse a mãe, feliz por ele já estar valorizando o trabalho ainda bem jovem. "E o que vai fazer com seu dinheiro?" perguntou a mãe. "Vou comprar um sorvete com a metade e o resto eu guardarei para dar para missões na igreja. Muitas crianças, como eu, filhas de missionários, não têm dinheiro para comprar sorvete. Pelo menos ajudarei a uma delas."

Como está o nosso envolvimento com missões? O que pensamos das famílias que deixam suas casas e, às vezes, seu país, e não têm dinheiro para comprar um brinquedo, um sorvete, ou qualquer outra coisa para suas casas. As necessidades não se resumem a despesas do trabalho. Há necessidades pessoais, cuidados com filhos, tudo que qualquer outra família necessita. Afinal, estão servindo ao Senhor e merecem uma vida digna e agradável. O Senhor abre a janela dos Céus para os que ofertam e também para os que trabalham integralmente em Sua obra.

Missionários proclamam o Evangelho, compartilham a fé, estendem a mão para ajudar. Mas não é apenas isso! Os missionários também gastam com mercado, com aluguel, com serviços essenciais, com roupas, com remédios. Eles não têm um lugar onde receber tudo isso gratuitamente.

Precisamos amar a Deus, amando nossos missionários, suas esposas, seus filhos. Eles nos representam no campo, passam aflições em nosso lugar, enfrentam perigos para que possamos ficar confortavelmente em nossas igrejas.

Gostamos de ler: "Quem há de ir por nós". Precisamos ir com eles em oração, em mensagens de motivação, em ofertas para que sustentem suas casas.

Como os filhos dos missionários poderão comprar um sorvete? E como os missionários poderão suprir as necessidades de toda a família? Pensemos nisso... façamos nossa parte.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Oi: 31 98990-8757
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

terça-feira, 21 de março de 2017

Para refletir...(22/03/17) - Negativos Que Escondem Belas Fotos

"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas" (2 Coríntios 5:17).

Há algum tempo atrás, as fotos ficavam em um rolo escuro que chamávamos de negativo. Precisavam ser reveladas para que todos pudessem admirar a sua beleza. O mesmo acontece com nossas vidas. São obscuras e sem atrativo. Reveladas pela luz de Cristo, passam a ser brilhantes e todos são abençoados por sua beleza.

Nossas vidas, sem a luz do Senhor, não passam de negativos espirituais. Precisamos abrir o coração para que a luz do Céu entre e tudo em nós seja transformado. A escuridão do ódio, do egoísmo, da avareza e da vaidade desaparecem sob a luz do amor de Deus. Tudo se faz novo, a velha natureza desaparece e os amigos se surpreendem com o que veem.

Não falo de pessoas dessa ou daquela igreja. Estas podem continuar negativas e sem beleza alguma. Falo de pessoas que verdadeiramente ofereceram a vida para o Senhor dirigir. Essas transmitem fé e esperança, alegria e felicidade. Essas iluminam as estradas por onde passam e deixam o perfume agradável da presença de Deus em todos os ambientes.

Todo negativo pode esconder belas fotografias. Toda vida triste e derrotada pode esconder alguém que, nas mãos de Jesus, será transformada em uma grande e maravilhosa bênção.

Se você se sente como um negativo de velhas fotos, abra o coração para o Senhor. Ele poderá fazer de você uma foto de grande beleza. Ele poderá fazer de você uma pessoa muito feliz.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

Para refletir...(21/03/17) - Pequeno, Porém, Grande

"...porque aquele que entre vós for o menor de todos, esse é que é grande" (Lucas 9:48).

Como é agradável, pela manhã, ouvir o canto dos pequenos pássaros diante de nossa janela. Eles são pequeninos, mas, uma grande bênção de Deus para alegrar nosso dia.

Muitas vezes pensamos que precisamos ser grandes para ser um sucesso, dignos de aplausos, um destaque no mundo em que vivemos. Diante de Deus, podemos ser pequeninos e, ao mesmo tempo, grandes. O que nos traz bênçãos não é o fato de sermos grandes, mas, de termos um grande Deus conosco.

Passamos grande parte de nossas vidas na ânsia de crescer. Queremos atingir grandes alturas, queremos que todos olhem para o alto para nos admirar. Com Cristo no coração, mesmo pequeninos, poderemos voar e alcançar todos os nossos objetivos. E todos olharão para o alto, para admirar o Deus que pode fazer um pequenino voar, que pode fazer muito mais que o maior gigante desse mundo. Caminhando ao lado de Deus e obedecendo os ensinos de nosso Mestre, seremos sempre grandes, porque o brilho de Deus estará em nós.

Sendo grandes, porém, pequenos diante de Deus, podemos causar decepções e frustrações aos que nos rodeiam. Sendo pequenos, porém, grandes na presença do nosso Senhor Jesus Cristo, podemos transformar vidas, iluminar o mundo, ser verdadeiramente uma bênção para todos.

Você quer ser grande? Deixe Deus dirigir sua vida.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

Seguidores