sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Para refletir...(23-28/02/17) - Um Vaso Quebrado

"Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre" (Salmos 23:6).

Um missionário estava servindo ao Senhor na África. Uma vez por semana uma moça vinha à sua casa para fazer a limpeza. Um dia, ao limpar sua sala, a moça se descuidou e derrubou um belo vaso que estava sobre uma pequena mesa. Ao ouvir o barulho, o missionário se aproximou e viu a moça chorando. "Perdoe-me , senhor! Perdoe-me, Senhor!" O missionário sorriu para ela e disse: "Não se preocupe. Eu a perdoo, sim." A moça, então, disse ao missionário: "Eu quero receber esse Jesus que o Senhor sempre me apresenta. Vejo que não é uma simples pregação, mas uma realidade em sua vida."

E nós, testificamos, com nossas palavras e atitudes, que Jesus é, verdadeiramente, o Senhor de nossas vidas? Comprovamos, no dia-a-dia que Jesus transformou nossos corações? Brilhamos quando estamos em casa, na rua, na igreja e em qualquer lugar que nos vejam?

A melhor pregação que podemos fazer é o testemunho que apresentamos sem dizer uma única palavra. É o que mais convence o pecador, o que mais estimula nossos amigos, o que mais engrandece o nome de Cristo. Viver o Evangelho é mais importante do que proclamá-lo.

Você prega a Palavra com a vida ou só com a boca? Ou com ambos?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Para refletir...(22/02/17) - Honra A Quem Merece Honra

"Fazei tudo para a glória de Deus" (1 Coríntios 10:31).

Ramiro era um empregado exemplar. Nem os diretores, nem os encarregados ou qualquer outro funcionário da empresa tinham qualquer coisa a reclamar dele. Todos o admiravam pela simpatia, pelo sorriso e pela boa vontade em tudo o que fazia. Um dia o Diretor Geral fez uma reunião e disse aos empregados: "Ramiro vai se aposentar. Todos nós lamentaremos muito sua ausência, mas, ele merece um bom descanso depois de tantos anos conosco. Resolvi dar a esta sala de reunião o nome de Ramiro, como homenagem por sua dedicação à empresa. Todos aplaudiram e Ramiro pediu a palavra. "Agradeço muito à direção e aos meu colegas de trabalho. Gostaria, entretanto, de solicitar que meu nome não fosse colocado na placa da sala. Tudo que fiz aqui e em qualquer outro lugar é para a glória de Deus. Que Deus receba a homenagem em meu lugar". Ramiro sentou-se e todos o admiraram ainda mais. A sala recebeu uma placa onde estava escrito: "Para a glória de Deus".

Por que reivindicamos aplausos, valorização, destaque no que fazemos? Por que murmuramos quando as pessoas não nos dizem "parabéns", "você foi o melhor", "que seria de nós se não fosse você"? É claro que nosso ego gosta de receber elogios e nada mais justo que sermos lembrados na hora das comemorações. Porém, o que mais deveria alegrar nossos corações é o fato de que tudo fazemos para a glória de Deus!

Somos felizes e vitoriosos quando glorificamos o nome de Jesus. Somos bem-aventurados quando nossas vidas brilham na presença do Senhor. Somos recompensados quando todos exaltam o nome de Jesus por algo que fizemos. E voltamos para casa regozijando de felicidade, porque fomos uma bênção, porque as nossas atitudes glorificaram a Deus.

Se nos queixamos, dizendo: Ninguém nos agradeceu, ninguém nos aplaudiu, estamos errados... ao olhar para o alto veremos todo o Céu aplaudindo e celebrando o nosso testemunho.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Para refletir...(21/02/17) - Um Imã De Grande Amor

"E não nos afastaremos de ti; vivifica-nos, e nós invocaremos o teu nome" (Salmos 80:18).

Um jovem comentava sobre seus estudos relativos a "magnetismo". Falava de teorias, apresentava exemplos práticos e tudo o mais que havia aprendido. O amigo, que o ouvia com atenção, declarou: "O único magnetismo que entendo bem é o do Senhor Jesus. Ele atraiu o meu coração e não desejo mais perder o contato que tanta alegria trouxe à minha vida."

O potente amor do Senhor nos atraiu. O toque do Seu Espírito também nos conduziu a Ele. Nós nos aproximamos do Salvador e não pensamos em nos afastar... nunca mais!

O imã de Sua presença nos fez conhecer um pouco mais a fé, a esperança, o perdão, uma graça incomparável que conquistou-nos por completo. Estamos juntos dEle, caminhamos seguros em Suas mãos, encostamos nossas cabeças em Seu peito para receber consolo, abraçamo-lo para comemorar as maravilhosas vitórias que Ele nos dá. Fomos atraídos por Ele e louvamos a Deus por tão grandiosa atração.

O magnetismo do amor de Cristo transformou nossas vidas, mostrou-nos um novo caminho a seguir, iluminou nossos dias -- agora ensolarados e radiantes.

O Senhor é nosso Imã. Um imã de que não nos afastaremos. Um imã de grande amor e de muitas bênçãos.

Você já experimentou esse magnetismo?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

Para refletir...(20/02/17) - Cada Um Que Cuide De Si

"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas" (2 Coríntios 5:17).

Certo homem costumava dizer, para quem quisesse ouvir: "Eu não dou nada para os outros. Ninguém me dá coisa alguma. Prefiro jogar fora a dar para os necessitados. Cada um que cuide de si". Um dia todos se surpreenderam ao saber que aquele homem havia entregue a vida para Jesus. Depois de um certo tempo, viram quando alguém lhe bateu a porta pedindo uma ajuda. "O senhor tem alguma coisa para me dar? Estou desempregado e meus filhos estão sem nada para comer. Pode ser um mantimento velho que não sirva mais para o senhor". O homem, agora convertido, entrou e trouxe uma grande sacola com o que tinha de melhor em casa. "Pode levar isso aqui. E se não conseguir logo um emprego, volte e lhe darei mais. Eu acabo de ganhar uma grande bênção ao receber o Senhor em meu coração. Isso é muito pouco perto do muito que Deus me deu."

Como está a nossa generosidade? Dizemos que somos filhos de Deus, que amamos o nosso próximo, que sofremos com os sofrimentos dos nossos amigos e continuamos avarentos, mesquinhos e egoístas ou essas coisas ficaram para trás? Esforçamo-nos para que nossas atitudes amorosas brilhem para a glória de Cristo ou ignoramos que agora somos novas criaturas?

O cristão autêntico se preocupa com os que o rodeiam. Sempre que podem, estendem a mão e mostram que tudo mudou e que os antigos costumes não existem mais. Dizem que o amor de Cristo faz parte de suas vidas e todos comprovam a veracidade de suas palavras.

Os vizinhos daquele homem arrogante podiam testemunhar a transformação de sua vida. E os nossos vizinhos e amigos, também percebem que a escuridão em que vivíamos se afastou para que a luz do Senhor não pare mais de brilhar por onde passamos?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Para refletir...(17-19/02/17) - Fechando As Portas Para O Desânimo

"Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação" (Habacuc 3:17, 18).

O pastor conversava com Lino, um dos líderes da igreja. "Vejo que em todos os seus programas o irmão Ivo está presente. Ele deve ser um grande amigo seu". Lino disse ao pastor: "Sim, ele é um grande amigo. Mas não é por isso que o escolho sempre. O principal motivo é que ele não desanima nunca!"

A fé e a confiança no Senhor precisam ser demonstradas pela nossa perseverança em tudo o que fazemos. Se somos guiados pelo Espírito Santo e caminhamos no centro da vontade de Deus, por que desistir no primeiro fracasso? Por que retornar, se não chegamos ainda ao lugar desejado? Se o caminho tem obstáculos, por que desanimar se podemos ultrapassá-los na força do Senhor?

Cristo nos aconselhou: "Tende bom ânimo". E assim deve ser nossa conduta nesse mundo. Fomos chamados e separados porque Ele confiou em nós. Não podemos decepcioná-lo, não podemos mostrar covardia. Sejamos ousados e determinados.

Se o Senhor nos animou com as palavras "estou com vocês", se nos desafia com um "sê forte e corajoso", se nos motivou com um "nada me faltará", deixemos de lado todos os receios e sigamos adiante.

Ele nos garantiu que "somos mais que vencedores" e, por isso, nenhum fracasso ou derrota pode triunfar sobre nós.

Se as dificuldades são muitas, em vez de desanimar, devemos nos alegrar e glorificar a Deus pela vitória que logo virá.

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

Para refletir...(16/02/17) - O Que É Melhor: Fama, Cultura Ou ...

"Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus" (Atos 4:31).

De repente, a igreja se viu sem um pastor. O anterior precisou, por motivos familiares, se afastar da cidade e sugeriu à igreja que convidasse outro pastor, pois, não poderia retornar em curto prazo. A liderança se reuniu para a escolha do novo pastor. Um dos líderes disse que seria bom que convidassem um pastor famoso, pois isso atrairia novos membros. Outro completou que o convidado precisaria ter uma cultura elevada, para que a igreja fosse bem edificada com os sermões e estudos da Bíblia. Por fim, um irmão que pouco falava nas reuniões deu sua opinião: "Eu creio que não basta o novo pastor ser famoso ou culto. O ideal é que ele tenha intimidade com Deus e alcance os céus, tanto nas pregações como nas orações."

Muitas vezes damos muita importância a coisas que não têm. A fama nem sempre qualifica uma pessoa. Em uma igreja, por exemplo, o único famoso que tem valor é o Senhor Jesus. Há homens que são mais valorizados que o próprio Deus, e isso não é bom. Alguns se destacam por serem ricos, e isso também não é bom. E ainda existem as igrejas que são famosas por seus magníficos templos, que, muitas vezes, não mostram beleza alguma em seu interior.

O grande, na vida cristã, é Jesus Cristo. Uma igreja com 2 mil membros pode estar vazia se o Senhor estiver ausente e uma outra pode estar cheia, mesmo com apenas 20 pessoas nos cultos, por causa da presença de Cristo.

Bom seria se todos os pastores fossem, ao mesmo tempo, cultos e cheios do Espírito Santo, mas, é melhor um pastor espiritual do que um pastor culto e sem vida no altar de Deus.

O que você espera de seu pastor?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Para refletir...(15/02/17) - Com As Redes Nas Mãos

"Caminhando junto ao mar da Galiléia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, que lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores. E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens" (Mateus 4:18, 19).

Gilson passava a semana inteira com seu barco pesqueiro no mar. Era dessa forma que sustentava sua família. Ao retornar de mais uma semana de trabalho, recebeu de seu amigo Benedito, o convite para ouvir um famoso pregador que estava na cidade. Foram juntos e, quando saíram, Benedito comentou com Gilson: "Gostei muito do sermão. Foi uma palavra muito boa". O amigo disse: "Também gostei muito do sermão. Todos os equipamentos foram bem usados e tudo me pareceu bem arrumado, como gosto de ver o meu barco pesqueiro. Só senti falta de uma coisa: não o vi lançar a rede. E todo pregador deve ter uma rede nas mãos para lançá-la sempre que houver uma oportunidade."

O nosso texto mostra os irmãos Pedro e André, lançando redes. Eles eram pescadores e foram chamados para um novo tipo de pescaria. De igual maneira, o Senhor Jesus nos chamou para lançar redes, para sermos pescadores de homens, para conduzir pecadores a Jesus, o Grande Salvador de almas que escreve o nome dos que são alcançados pela rede do Evangelho, no Livro da Vida e dos Céus.

Devemos levar nossas redes por todos os lugares por onde passarmos. Sempre poderá haver uma nova oportunidade de usá-la. Ela é feita de fé, amor, humildade, obediência, boa vontade, determinação. Como pescadores de homens, devemos usar nossa rede para a glória e honra do nome de Jesus.

Você tem levado sua rede? Você a tem lançado no mar desse mundo?

Paulo Barbosa
Um cego na Internet
Cel Tim: 22 98151-8786
Tel USA: 407 309-3311
paulobarbosa@ministeriopararefletir.com.br
www.ministeriopararefletir.com.br
Caixa Postal 110.273
CEP: 28893-970 - Rio das Ostras - RJ
Ministério Para Refletir - 20 anos de bênçãos

Seguidores